28 de maio de 2011

Ciclo,

Eu não sei o que me domina
E mesmo assim não penso em me livrar

Num fascínio de alma gêmea

Você em mim constrói o seu lugar
O amor se fez me levando além onde ninguém mais

Criou raiz, ancorou de vez, fez de mim seu cais

Lendo a rota das estrelas..




(Jorge Vercilo)

Nenhum comentário:

Pages - Menu