16 de junho de 2011

Saudações,

'Como a folha no vento pelo espaço
Eu sinto o coração aqui no peito,
De ilusão e de sonho já desfeito
A bater e a pulsar como embaraço'
                                                          (Desilusão,Patativa do Assaré)



Minha singelas saudações
ao meu amado poeta Patativa pelas suas doces
cancões  e poesias.
admirável demais,
a cada cordel uma experiência de vida,
isso me fascina e me faz a cada dia ter mais
e mais orgulho de ser Nordestina.

                                                                              (Samara Veras)


Nenhum comentário:

Pages - Menu