13 de agosto de 2011

a caixa mágica.

Eu carrego comigo uma caixa mágica onde eu guardo meus tesouros mais bonitos. Tudo aquilo que eu aprendi com a vida, tudo o que eu ganhei com o tempo e que vento nenhum leva. Guardo as memórias que me trazem riso, as pessoas que tocaram minha alma e que, de alguma forma, me mudaram pra melhor. Guardo também a infância toda tingida de giz. Tinha jeito de arco-íris a minha.

O pouco é muito pra mim. O simples é tudo que cabe nos meus dias.



                                                    (Caio Fernando Abreu)


Pra sempre Caio.

Um comentário:

Folhas de Sonhos artesanatos disse...

Muito bom, ele é ótimo.
Beijos

Pages - Menu