29 de março de 2012

Esperança.


Que a saudade contida na alma não perca seu encanto em nenhum momento,e que mesmo que ela persista na sobrevivência desse sentimento tão distante de sim mesmo, ela seja eterna como a brisa do sol e o recomeço de um novo amanhã.
Que dentro dessa saudade traga mais do que a falta de si mesmo no outro, como também a alegria incessante de ser dois seres em um só.
A saudade  no silêncio da esperança nunca morre.Jamais.

Samara Veras.


Imagem - google

Nenhum comentário:

Pages - Menu