11 de junho de 2012

minha sina.




Tentei fugir das palavras ,tentei fugir do blog ,mas não consegui .Sei que preciso dar um tempo para acalmar essas tempestade internas ,só não sei se consigo ficar por muito tempo sem escrever .
Parece coisa de doido,mas quem não é?Acho que eu  mudo a todo instante ,embora as vezes essa minha constate busca de mim mesma pareça estranho,sinceramente eu gosto disso.
Recolhi minhas poesias e resolvi compartilhar.Já o tempo , eu sei que preciso,mas dessa vez não vou forçar a barra e tentar ser aquilo que eu não sou .


Eu,
não sei se finjo
não sei se vivo
não sei se con(sigo)
Sem você,



Completa .
Me sinto completa nessa noite,na vida e amor.
Meu coração pulsa por algo que virá em dias próximos,algo bom e puro que me fará suspirar e lutar por tudo aquilo que eu sempre quis.



Feliz.


Feliz daquele que age com amor,vive com alegria e lutas por seus próprios sonhos!
Ando muito bem,felicidade é o meu nome.



Bonita.


A poesia bonita que resplandece como o sol vive em mim, dentro da sublime felicidade que reacende em cada tarde , em cada momento que eu me deixo sentir tudo isso.
Me descubro cada vez mais nessa imensa felicidade que pulsa no meu peito como forma de poesia.
Deixei o sol invadir minha vida.
Luzes de vida e de amor,nada mais.





Samara Veras.

Um comentário:

Anônimo disse...

;)

Pages - Menu