18 de junho de 2012

vida livre.




Coração livre,
alma livre
pés livre
vida livre

Liberdade,
de sentir 
de ouvir 

Liberdade sempre,
aqui ,agora

Nos meus caminhos,
Nos meus passos
Não só hoje

Mas,a vida inteira.

Samara Veras

Um comentário:

Fique mais um segundo... disse...

Oi, Samara, bom dia!!
O revoar é sempre um momento especial, que nos traz uma sensação única. Centenas ou mesmo milhares de aves, e não temos notícias dos especialistas de que elas se choquem. Isso é liberdade e sintonia...
Que bom que tal imagem tenha dado vida a esse poema tão lindo. Quão maravilhoso é poder lutar pela liberdade de hoje e pela liberdade de uma vida inteira, pela liberdade do agora e do sempre!
Belíssimo.
Um beijo carinhoso
Doces sonhos
Lello

Pages - Menu