30 de setembro de 2012

a arte da paquera - parte I


                                                    imagem:google

Um sorriso sem graça aqui,alguns olhares constantes aculá,algumas palavrinhas pessoais,a troca de e-mails, o desejo pelo outro ,a conjugação do verbo amar ,o alvo ,o meu alvo.E mesmo sem a gente perceber tudo vai acontecendo.A paquera se incia e o novo faz a diferença ,as qualidades do outro,as preferências musicais,os sonhos pro futuro,um pouco do passado e todas suas vontades  do presente.Falar em paquera pra mim não deixa ser um estudo no campo da vida do outro,queremos saber tudo que pertence ao nosso desejo,pois a maior verdade e que todo relacionamento se inicia nela ,confesso que é a melhor parte e a mais interessante de todas, pois a partir dela é que tudo se inicia, seja um 'sim' ou um 'não' ao nosso alvo amoroso.
Depois de algum tempinho de estudo ,o encontro acontece e o sim prevalece,as palavras que eram soltas a distancia,agora cara a cara ficam contidas,tudo que faz sentido é um gesto simples ,basta um abraço ,um aperto de mão,o cheiro do perfume do outro,o toque da pele dele(a) na sua ,e todas as suas indagações são respondidas através de um beijo...
Os dias se passam,a arte de paquera aumenta ,os primeiros encontros acontecem e tudo muda na vida do outro,basta apenas um passo para se viver um grande amor.Tudo começa no olhar e dura a partir dele,no mais é deixar o amor acontecer..

Te espero aqui de novo,ei psiu,deixa o amor acontecer vai. 
Beijo da Sam.
.

Nenhum comentário:

Pages - Menu