29 de dezembro de 2012

feliz 2013!



A exatamente um ano atrás já estava escrita a minha cartinha de projetos de  2012 e hoje faltando apenas 3 dias para o novo ano confesso que não sei o que pedir,não o que os meus desejos internos e externos não tenha prevalência,mas por tanta coisa que tenho ganho e por tantas mudanças que andam acontecendo na minha vida e na minha família,é que eu tenho mais e que agradecer e descansar meu coração em Deus,pois ele é o dono de tudo e de todos e sabe justamente o que nós precisamos.
E no fundo do meu coração agradeço ao Rei pela família,pelos amigos sinceros que conheci,pelos que reencontrei depois de anos e por toda felicidade que vivi durante toda essa vida.Só peço a Deus mais saúde e muita ,muita paz pra mim e pra todas as pessoas que sempre vem aqui nesse cantinho maravilhoso.Feliz 2013 e que ele seja um ano memorável em bençãos no Senhor.

Em especial;

-A minha Luiza Dantas que apesar da distancia nunca esqueceu de mim e que sempre me deu forças nas horas difíceis. 

-Ao fiel amigo Rivelino Moreira que a cada Feedback em Cristo tem me mostrado os caminhos da luz 

-A minha amiga Linda Alexandra Lima pelo reencontro da nossa amizade depois de sete anos que rederam muitas lágrimas em alegria.

-A lindeza de  amiga Aliny Fernandes por ser tão divertida e por ser tão amável .

-Ao primo Aurino Veras por ter me ensinado a aceitar as diferenças e por me ensinar coisas incríveis.

-A minha amiga Nazinha Goes por todo carinho e preocupação comigo nesses últimos seis meses.

-A minha amiga Marcela Lima por ser uma das pessoas mais batalhadoras e mais amorosas que tenho.

- A minha mãe Sônia e ao meu pai Albério pela paciência,amor e carinho e por me aturar nos caminhos difíceis e por me ensinar a lutar e  vencer .

Agradeço em especial ao Rei Jesus por todo amor e por ter me proporcionado  todas as vivencias acima e por todo seu amor incondicional a mim.O meu sincero agradecimento.Que 2013 seja mais lindo e muito mais feliz. FELIZ ANO NOVO!

19 de dezembro de 2012

inconstância do amor.

E se em algum momento eu agir inconsequentemente,com toda certeza eu irei avaliar minhas decisões e mais uma vez mudaria minhas atitudes.Verbalizar o que sinto talvez seja um dos meus maiores desejos internos,então toda vez que se referir a mim evite olhar nos meus olhos,pois fingir amor essa nunca será a minha especialidade,nunca mesmo.
Posso não entender de matemática e de assuntos importantes nesse mundo globalizado,mas do sentimento amor essa é a minha maior pesquisa.As pessoas falam sobre o amor,discutem sobre o amor e não o sente,aí fica difícil.Uma frase qualquer ou um poema escrito com dedicatória para o seu bem amado não será suficiente.Então,toda vez que resolver conjugar o verbo amar e resolver dar uma chance a si mesmo busque primeiro sentir-se bem e avaliar o que te faz feliz.A realidade é que dentre todas as definições e decisões do amor a mais difícil e decidir se quer prosseguir.E se você estiver acompanhada e se sentindo sozinha, afirmo que nem mil poemas,nem pesquisas e muito menos palavras bonitas fará a diferença.E quando se percebe isso ,é hora de agir.
                                                             ***
 É que saber o que importa mesmo em meio toda essa inconstância do amor,são as coisas e as lembranças que não se apagam .A verdade é que as indagações irão sempre surgir,mas ainda sim eu prefiro lembrar do teu sorriso,da sua piada sem graça e da sua voz dizendo que quer me ver outra vez.


Ando escrevendo versos e mais versos outra vez.
                                                                                                        Samara Veras

18 de dezembro de 2012

love.




Eu mergulho dentro de mim e percebo que sou intensa demais para buscar palavras que expressem o que sinto. Tudo o que eu preciso e de uma folha em branco, uma página no Word ou uma caneta qualquer. E assim, diante desses todos esses elementos eu me sinto completa. 
Esse mar que vive dentro de mim é intenso e vez ou outra ele começa a transbordar,como hoje.Ele é intenso e continuo como meus pensamentos.
Hoje,justamente hoje eu não preciso de mais nada,aliás nesses últimos dias ando fugindo de mim mesma,e pra ser sincera com você ,isso só acontece quando o amor esta mais perto de mim.A verdade é que ele deseja permanecer.

E para o dono dos olhos mais lindo que já conheci,os meus versos nesse mar íntimo de poesia.

14 de dezembro de 2012

o despertar..


Parte 2


O despertador não ousou em fazer seu papel na manhã seguinte, flor abriu seus olhos e sentiu sua dor travando em seu peito. Pensou nele por um instante e achou que tivesse tido um   pesadelo na noite passada e achou que tudo não passasse de  ilusão qualquer.A verdade é que era tudo  que ela menos queria saber naquele momento.Pensou então que estivesse lendo um livro e que ela estava imersa dentro dele.Flor sentiu um cheiro de café no ar e logo escutou o grito da sua mãe batendo na porta do seu quarto avisando que o café estava na mesa e que ela precisava ir trabalhar.
Maria flor se enrolou no lençol e fingiu não escutar nada da sua realidade. Sim, era tudo verdade. Tudo aquilo era historia da sua vida. Mas só tinha um porem, a personagem principal queria desistir de tudo,principalmente dela mesma.
Seus próximos dias foram terríveis, não somente para ela.Como também para toda sua família,principalmente para sua mãe Dina.Maria flor faltou trabalho,e quase não ia mais a faculdade de letras que gostava tanto.Não saia mais do quarto e perdera seu apetite nos próximos três meses.Tudo havia acabado para si,e isso ela mesmo não podia negar.Faltava alguma coisa ,faltava ele na sua vida.Maria flor perdeu a sua fé e por varias vezes pensou em tirar sua própria vida.Ela não queria matar a si mesma,mas a dor que sentia.

Romance -Enquanto o sol não vem - PARTE 1


Samara Veras

12 de dezembro de 2012

a canção e a poesia.







Escutando essa linda canção do Saudoso Marcelo Jeneci com a música' pra sonhar' brotou essa linda poesia.


Mar.

Hoje eu olhei o mar e lembrei-me de você, e quando menos percebi estava sorrindo e pensando em seu jeito, senti saudades eu confesso, mas decidi me calar e escrever uma poesia.Dessas que revelam nas entrelinhas uma enorme saudade.E se não posso te ter hoje,eu prefiro ficar ao seu lado aqui comigo no lado esquerdo do peito, e com isso eu te tenho a qualquer lugar,a qualquer momento.


beijo da Sam.


10 de dezembro de 2012

a página do momento.

Me apaixonei pela página  café com verso e resolvi compartilhar aqui no blog as poesias mais bonitas  que li nesses últimos dias.Me apaixonei por cada verso.Mais que curtido.Estão esperando o quê ,curtam também!!beijinho.











                                   

9 de dezembro de 2012

Enquanto o sol não vem...


Parte 1

As lagrimas escorriam pelo seu rosto sem igual, o que restava depois de tanto sofrimento era seguir em frente, mesmo morrendo por dentro. Ela o amava mais do que nunca,mais do que qualquer coisa,mais do que qualquer pessoa e tudo havia acabado ali em uma simples ligação.
‘Nos não temos mais nada’,essa foi as palavras mais duras que Maria flor ouvira na sua vida.Seu mundo desabou e tudo que ela conseguia naquele momento era chorar e chorar.
Caminhou sem rumo, lagrimas escorrendo sobre o rosto, era tudo que a definia naquele momento. Maria Flor só teve tempo de abrir a porta e caiu aos prantos como nunca havia chorado.
A companhia toca e quando ela corre desesperada para atender, pensando que ele tivesse se arrependido do termino do relacionamento, mas em vez disso, o que ela encontra em sua porta é uma caixa com todas suas cartas e poemas de amor que escrevera para seu amor.
 Maria flor chorou pela vida inteira, e jurou pra si mesma nunca mais amar ninguém. Rasgou cada verso, apagou cada mensagem e jogou no lixo suas lindas canções de amor. O que restava apenas, era seguir em frente,com a alma cheia de dor e com a única certeza que tudo havia mudado,não só por dentro,como também por fora.

Primeiro romance de Samara Veras.

7 de dezembro de 2012

a estrela.




' não há nada melhor do que começar dezembro com esse sorriso lindo ♥'

6 de dezembro de 2012

As boas velhas-retrospectiva 2012.


  


Tenho uma enorme gratidão a Deus por esse ano tão abençoado na minha vida, 2012 foi um ano de superação e muitas conquistas pra mim. Estudei muito,trabalhei muito,conquistei muito ,chorei muito e sorri pacas.Me emocionei com um montão de gente,me decepcionei com algumas delas.Viajei ,vi meu avô,tomei banho de mar,li dezenas de livros e ganhei um montão deles.Briguei com minha irmã,fizemos as pazes.Ajudei muito gente,preguei a palavra de Deus pra pessoas desconhecidas e fiz laços de amizades com elas.Aprendi a tocar violão (sozinha),aprendi a dirigir e a perseverar em meio aos inúmeros testes para a aprovação da minha habilitação,que graças ao Rei tudo deu certo .Coloquei um ponto final em um relacionamento e por um momento achei que não suportaria,mas superei, e me apaixonei de novo.Vivi coisas grandes e descartei coisas pequenas.Enfim,Deus com sua infinita misericórdia me deu a oportunidade de a  cada dia aprender mais e mais com ele e com sua palavra.Pois,melhor do que qualquer bem material é crescer interiormente e espiritualmente,e isso não tem preço.
Outra noticia boa é que comecei a escrever meu primeiro livro nesse finalzinho de ano que se chama ‘enquanto o sol não vem’ que retrata a vida de uma garota e seus dilemas internos e externos.
E antes de deixar um trechinho pra vocês lerem ,quero agradecer a minha amiga Luiza que apesar da distancia nunca esqueceu de mim,e ao amigo Rivelino que vez ou outra escuta minhas lamentações e me  faz enxergar o caminho Cristo Jesus.Agradeço também ao meu pai (Albério) e a minha mãe(Sônia) por todo amor e paciência.

Trecho do meu primeiro livro.
 'Maria flor se enrolou no lençol e fingiu não escutar nada da sua realidade. Sim, era tudo verdade. Tudo aquilo era historia da sua vida .Mas só tinha um porém, a personagem principal queria desistir de tudo,principalmente dela mesma'

Agradeço também todas aquelas pessoas que sempre vem aqui no blog e que gosta do que eu escrevo,assim como eu.Prometo publicar meu textos do meu livro.E um muito obrigada pela sua presença constante aqui.De coração.Grande abraço.

Samara Veras

Pages - Menu