22 de março de 2013

maré.


Meu assunto predileto é o amor,confesso a ti.Já te disse,e já te confessei aos quatros ventos meu amor por ti.As vezes me perco nele,outras me encontro.E quando esse tempo (in)finito do amor acontece,percebo que me encontro viva desde o dia que teus olhos passaram sobre os meus.
O sono foge de mim nessa noite,e eu desejo mais e mais te encontrar por ai,nem que seja por algum acaso,nem que seja por um segundo.
Já pensei em desistir de tudo,e já fiz isso mil vezes,mas não consegui.Por alguns momentos eu(tento) te esqueço,faço o impossível,só que quando percebo teu amor me pega e não me larga jamais.
Eu vou,vou ficando,vou fugindo.E quando menos percebo,mais te desejo.Vou deixar essa ânsia guardada entre teus versos pra quando eu te encontrar eu decifrar a ti meus melhores sonhos,sonhos esses que sempre foram seus.Nessa maré de dias (in)constante do amor,eu me perco e me encontro, somente em ti,em dias (des)iguais.



                                                                                                                                             Samara Veras

Nenhum comentário:

Pages - Menu