18 de julho de 2013

sigo

Deixei a janela aberta,pelo menos por hoje,cansei de me importar com coisas que aflinge a minha alma.Isso não faz bem a minha alma,ser feliz definitivamente é outra coisa.A verdade é que as cores que andam transbordando aos redores dos meus dias,já não me fazem mais bem.
Eu sigo,caminho,e permaneço com uma paz infinita,eu sou assim,sempre contínua.A vida tem surpresas,precisamos matar todos os dias milhares de leões,com todo mundo é assim,e como não é diferente. Meu caminho apesar de tudo,ainda é leve e cheio de alegrias da luz.
Eu vou torcer para que no final tudo fique bem,tudo fique nos conformes da vontade de Deus,meu maior desejo é esse,estar sempre na presença do Rei.

eu sigo,

                  sigo,
                                                    sigo,

                                                                    na luz.



Deixo a palavra mais bonita de hoje.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Eclesiastes 3:1-8


Nenhum comentário:

Pages - Menu