30 de agosto de 2013

o melhor de nós



Gosto de pessoas sensíveis dessas que falam com a alma e que não falam somente de si, mas também dos seus sentimentos. Acho que é isso que anda em falta nesse mundo. A transformação que cada vez mais favorece o homem com o mundo, distancia ele dele mesmo.
Ninguém mais se olha, se ouve ou simplesmente se ver. Falta gentileza, educação e entre outras coisas que cada vez mais tem dificultado as relações humanas. Apesar disso tudo, eu, sinceramente ainda acredito que podemos dar o melhor de si, não somente para si,como também para o outro.Não custa nada,não arranca pedaços,nada destrói.
Podemos sim ser melhores, podemos sim pensar mais no outro e aprender com ele, por quê não?..
Gentileza atrai gentileza, bons modos atraem bons modos.
Confesso que já me assustei em inúmeras vezes quando já dei um simples bom dia e não fui correspondida e que já em algumas situações no cotidiano a ausência de um gesto de delicadeza me fizeram enxergar o outro de uma forma diferente, pois compreendi que temos  o direito de corresponder pelo sim ou pelo não a gentileza,pois entendi mais ainda  que só podemos dar aquilo que temos.
Só acredito que às responsabilidades diárias por si só já apresentam seus desafios e dificuldades,e que dividir  o quê temos de melhor somente contribuem  para sermos melhores do que somos,não somente para às pessoas que se encontram ao nosso redor,mas também  para um mundo melhor,pois tudo o quê precisamos mesmo e de mais amor e menos dor.




Samara Veras

  

27 de agosto de 2013

ana jácomo e sua poesia pra mim



A poesia mais linda do dia.amei.


Tomara que os olhos de inverno das circunstâncias mais doídas não sejam capazes de encobrir por muito tempo os nossos olhos de sol. Que toda vez que o nosso coração se resfriar à beça, e a respiração se fizer áspera demais, a gente possa descobrir maneiras para cuidar dele com o carinho todo que ele merece. Que lá no fundo mais fundo do mais fundo abismo nos reste sempre uma brecha qualquer, ínfima, tímida, para ver também um bocadinho de céu. Tomara que os nossos enganos mais devastadores não nos roubem o entusiasmo para semear de novo. Que a lembrança dos pés feridos quando, valentes, descalçamos os sentimentos, não nos tire a coragem de sentir confiança. Que sempre que doer muito, os cansaços da gente encontrem um lugar de paz para descansar na varanda mais calma da nossa mente. Que o medo exista, porque ele existe, mas que não tenha tamanho para ceifar o nosso amor. Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria. Tomara que apesar dos apesares todos, dos pesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz. Tomara.


Ana Jácomo

15 de agosto de 2013

por aqui.

Ando distante desse cantinho meu, como tudo na vida ocorre mudança , com minha vida também não e diferente.Resolvi voltar,dessa vez pra valer.Como já disse e repito “escrever e minha sina” , a verdade e que preciso disso,mesmo em off.
Graças a Deus tudo caminha na sua santa paz, na vida, no trabalho, por dentro e por fora. As mudanças da vida, hoje, já não me assustam mais, com o tempo a gente se adapta,mesmo você querendo ou não.
Só afirmo que para mim hoje tudo mudou,a verdade e que quando eu tinha 12 anos eu já sabia o que queria ,e hoje quase aos 24 eu já não sei o que quero mais.Também não sou boba em afirmar que “eu deixo a vida me levar” , pois para mim isso sinceramente não cola.Acho que todo mundo deve e têm que fazer o seu papel, e eu faço o meu,quer dizer,pelo menos eu tento.
Como já disse,a vida anda nos seus conformes,graças a Deus,meu desejo e que tudo permaneça na paz e que nesse restinho de ano tudo aconteça para o melhor de todos.

Enfim,dessa vez eu voltei.Espero sinceramente continuar e não me afastar desse momento aqui,acho que agora vai ser mais fácil,já que estou sem facebook,preciso desse tempo aqui pra mim,mesmo.

Um beijo,até breve.


Samara Veras

Pages - Menu