30 de agosto de 2013

o melhor de nós



Gosto de pessoas sensíveis dessas que falam com a alma e que não falam somente de si, mas também dos seus sentimentos. Acho que é isso que anda em falta nesse mundo. A transformação que cada vez mais favorece o homem com o mundo, distancia ele dele mesmo.
Ninguém mais se olha, se ouve ou simplesmente se ver. Falta gentileza, educação e entre outras coisas que cada vez mais tem dificultado as relações humanas. Apesar disso tudo, eu, sinceramente ainda acredito que podemos dar o melhor de si, não somente para si,como também para o outro.Não custa nada,não arranca pedaços,nada destrói.
Podemos sim ser melhores, podemos sim pensar mais no outro e aprender com ele, por quê não?..
Gentileza atrai gentileza, bons modos atraem bons modos.
Confesso que já me assustei em inúmeras vezes quando já dei um simples bom dia e não fui correspondida e que já em algumas situações no cotidiano a ausência de um gesto de delicadeza me fizeram enxergar o outro de uma forma diferente, pois compreendi que temos  o direito de corresponder pelo sim ou pelo não a gentileza,pois entendi mais ainda  que só podemos dar aquilo que temos.
Só acredito que às responsabilidades diárias por si só já apresentam seus desafios e dificuldades,e que dividir  o quê temos de melhor somente contribuem  para sermos melhores do que somos,não somente para às pessoas que se encontram ao nosso redor,mas também  para um mundo melhor,pois tudo o quê precisamos mesmo e de mais amor e menos dor.




Samara Veras

  

Um comentário:

JOHNNY disse...

Boa noite Samara! Adorei suas colocações. Diante nossa rotina, num mundo onde, além da falta de gentileza, de educação e consideração de algumas pessoas, ainda falta-nos tempo. Para alguns, a falta de tempo justifica a ausência de todos os atributos mencionados. Mas na verdade, acredito mesmo naquela "velha e contemporânea convicção" de que, até mesmo os mais ocupados sempre conseguem um tempo a mais para fazer algo mais. Parabéns!!!

Pages - Menu