28 de abril de 2014

uma dose de motivação



Resolvi acordar cedo e ir para academia, a verdade é que estou me sentindo uma atleta esses dias, Fortaleza amanheceu chovendo, e muito. Não sei bem como saí da cama hoje, só sei que resolvi praticar exercícios físico em plena 6: 00 hora da manhã.

Corri, quando menos percebi, lá estava eu, na rua, já de tênis, correndo contra o vento.Atravessei o calçadão que têm perto da minha casa, e finalmente cheguei a academia. Cara amassada, pouca coragem, lá vai eu.. Aos trancos e barrancos , comecei..

Quando olhei de lado, havia uma senhora, que tinha por volta de seus 50 anos, malhando com toda força do mundo, olhando pra mim, sorrindo, fazendo todas as suas séries corretamente. Não deu outra, fiz amizade com ela e percebi o quanto Deus é lindo com as nossas vidas.

Ela me contou tudo, sobre seus horários, sobre sua alimentação, sobre sua melhora na qualidade de vida, e sobre o segredo para ficar bem, consigo mesma. Não hesitei, conversei horrores, e combinei de malharmos juntas, e de criar vergonha na cara  (srrsrsrsr), isto é, de cumprir minhas séries, e de não faltar mais nenhum dia.

Voltei para casa me sentindo outra, muito mais motivada e muito mais feliz.

Samara Veras


26 de abril de 2014

desabado 1



E mais uma vez me vejo diante de uma batalha, tudo nessa vida acontece, por uma razão. Esse dia de hoje vai ficar guardado na minha vida, mais uma vez lágrimas banharam meu rosto, e sobrevivi por um milagre divino.
As pessoas, vez ou outra vai nos machucar, e mais uma vez devemos perdoar, demostrar cristianismo, por mais que doa a alma, mesmo com as feridas abertas por dentro.

Tenho vivido isso, e por mais que doloroso seja escrever isso, vou perseverar, e entregar nos pés do Senhor, é a melhor decisão a se fazer. Não vou revidar o mal, não vou desejar coisas ruins, ou coisa do tipo, irei apenas orar, e restaurar o que restou por dentro. A verdade é que não sei ser metade, amar pela metade, viver pela metade, sou viva e transparente demais, por isso estou aqui.

Não consigo definir como estou hoje, não estou triste, apenas refletindo sobre uma série de coisas, principalmente sobre nossos valores, do que é amar e respeitar o outro. Chega um momento que a gente cresce e não comete mais erros, inclusive os mesmos. Vou perdoar mais uma vez, aceitar mais uma vez que as pessoas em algum momento irão simplesmente te esquecer, sem qualquer motivo aparente.

E quanto aos que magoaram, eu sinceramente, desejo paz, saúde, muita fé em Deus, pois sei que quanto mais eu desejar o bem a quem me feriu, maior será o meu galardão. Eu creio, e receberei o desejo mais profundo do meu coração, a minha tão sonhada libertação.

Desculpas meu desabafo tão pessoal,

Grande Beijo.


Samara Veras

19 de abril de 2014

profetizei !

Os sonhos que Deus sonhou pra mim, irão se realizar, no tempo certo, na providência divina.
O que devo fazer ? Me esforçar, esperar e triunfar.


Te amo infinitamente Jesus,

15 de abril de 2014

no meu mundo



Desativei meu facebook, mais uma vez, preciso de tempo pra organizar minha vida, a casa exterior e interior, acho que todo mundo precisa disso, uma vez na vida.Meus amigos dizem aos quatro vento que eu não vou conseguir, e que logo logo eu vou voltar, ativar e postar minhas coisas.A verdade é que eu apenas observo..

Acho que isso e essencial, acredito que todo mundo, uma vez ou outra vai precisar disso, da sua privacidade, bem sei eu. Parece que o mundo está maluco, como meu pai sempre grita, parece mesmo.Ninguém tem tempo pra ninguém, é tanta gente conectada no mundo virtual, que parece que já se perderam os laços. Se não é no e-mail, é no face, no watsapp, no Twitter e lá se vai..

Seus amigos mesmo reunidos , se encontram distantes, é cada um no seu mundo, com aquele super aparelho nas mãos.A briga é pela atenção, é você e o  celular na disputa, nada mais.As pessoas não mantêm laços , e nem conversam mais cara a cara, elas preferem o outro mundo, talvez muitas vezes o mundo das aparências.Isso é triste..

Hoje relevo as indagações de não ter watsapp, de esta desconectada das redes sociais, de não atualizar o twitter. Me sinto hoje na paz. E por incrível que pareça, o tempo parece que ultrapassou além das  24 horas..

Estou lendo mais, escrevendo mais, estudando mais, e sendo mais eu, sem se importar em ter aquela velha obrigação de ter que ficar online.Quem gosta mesmo da minha presença saberá onde me encontrar, aqui ou em qualquer lugar.

Vou ali curtir o meu mundo, só meu e de mais ninguém. Beijoo!

Samara Veras


o meu mais novo companheiro



Lendo esse livro lindo do escritor José Mauro, A-MAN-DO!

14 de abril de 2014

a força do perdão


Acho que algumas coisas na vida a gente nunca estar preparado, por mais experiência que tenhamos. Sempre soube que as pessoas sempre vão nos machucar, nos ferir por dentro, já diz na palavra de Deus, mas a verdade é que quando se deparamos com isso, mais uma vez, desabamos.
Um dia pensei que fosse sensível demais, e que depositasse fé demais nas pessoas, depois percebi que a culpa não é minha, e nunca foi. E que por mais que você doe amor, elas simplesmente pode não valorizar o que você sente e te jogar fora.
Isso doe, machuca, fere a alma, arranca de nós a nossa essência.Aí a gente se apega a Deus, sempre com a esperança que ele sabe o que é melhor para nós, que ele tem a sua justiça, e que ele nunca falha. E o que devemos fazer mesmo, é perdoar, e muito, por mais doloroso que seja, para que a outra pessoa se liberte também, assim como você.

Não é fácil, mas sei que Deus vai reconstruir cada caco da minha alma, sei que ele me dará minha recompensa, dos céus. Quanto aos que feriram a minha alma, eu desejo no fundo da minha alma, mais saúde, mais amor, mais paz, para que assim, tudo volte em dobro pra mim, eu sei que volta.

Samara Veras

E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial perdoe os seus pecados. Mas, se vocês não perdoarem, também o seu Pai que está nos céus não perdoará os seus pecados". 

Marcos 11:25-2


10 de abril de 2014

abraço generoso

Coisa boa é rever um grande amigo.
Cap. L. sinta-se abraçado novamente!

9 de abril de 2014

chuva, chuva e chuva!



Fortaleza amanheceu em chuva , é preciso um motivo a mais para sair de cama e ir trabalhar.(hihi)
Concordo plenamente com meu pai, chuva é sinal de lindeza (dos céus), é obra divina.
Chuva é também e poesia, chuva é cara de café quentinho na mesa,ah..chuva!

Mario Quintana e sua poesia pra mim.!

Mas o que quer dizer este poema? - perguntou-me alarmada a boa senhora.
E o que quer dizer uma nuvem? - respondi triunfante.
Uma nuvem - disse ela - umas vezes quer dizer chuva, outras vezes bom tempo...


É TEMPO DE BOM TEMPO, É TEMPO DE SER FELIZ!

 
 

8 de abril de 2014

Eu matei você dentro de mim

Eu matei você dentro de mim
Matei, confesso, enterrei e não senti remorso!

Matar gente não quer dizer empunhar uma faca ou atirar uma bala, a gente mata de outras formas, vai tirando aos poucos a pessoa de dentro de você, parando de pensar, de sentir, (será que dá pra deixar de sentir?) não querendo mais saber, começa a tomar distância, vai se afastando até não restar mais nada, só sombras, poeiras, que você vai dissipando ao tomar luz e limpando o que restou por dentro.
É por aí, estamos na fase do enterro, jogando a última pá de terra, salpicando flores, enxugando as lágrimas e se conformando, recebendo carinho alheio, abraços fraternos, mãos amigas, beijos outros, mas com a certeza de que alguma coisa continua, a vida, você, mas não mais aquela pessoa, aquele amor, o sentimento que havia antes,  que antes estava com você, agora está em suas lembranças, recordações, até também estas irem embora ou não preencherem tanto assim a sua existência.
O tempo passa, vem a missa de sétimo dia, depois aniversário de um ano, de morte, aí a gente já nem lembra mais, sente um pouco de saudade, visita as lembranças, recorda o que foi bom, suspira numa noite escura e fria, mas vira de lado e vai dormir. Não há muito o que fazer, não há nada pra acontecer, existir, é preciso seguir.
É quando a gente decide viver, ir em frente, não interessa mais conversar, olhar, ver, cansa o contato, é tedioso querer, mesmo que ainda se sinta alguma coisa, mas você precisa sentir por você amor próprio, assim acha por bem deixar pra lá, ter esperanças de que algo melhor vai acontecer, em qualquer lugar, a qualquer momento, por isso que é bom viver, pelo inusitado.
Matei, sim, confesso, joguei flores, rezei e enterrei, chorei, enxuguei as lágrimas, rezei na missa de sétimo, senti saudades quando completou um ano, mas não morri, estou vivo, ela (e) quem morreu, espero que vá pra o céu, enquanto que eu, não.




Ronaldo Magella – Professor, Poeta, Escritor, Blogueiro, Radialista  e Jornalista  .
O BLOG DELE -  AQUI !

Encontrei em palavra o crime de hoje.

5 de abril de 2014

desabafo do dia

Não importa se faça chuva ou faça sol lá fora, em alguns momentos você terá que aprender a perdoar, e a entender a vida do outro. Apenas entender, e não buscar indagações (des)cabíveis nesse mundo. As pessoas fazem suas escolhas, assim como você , e isso faz parte de todo mundo.
Ah.. tudo passa, o problema mesmo é que queremos encurtar o tempo, as coisas, a vida, e isso sinceramente não dá. Ando aprendendo a não me apaixonar por coisas ou por pessoas, e sim a amá-las , de verdade. Isso faz parte, querendo ou não. A vida segue, não podemos retroceder,essa é a nossa sina.Com o tempo a gente entende um montão de coisa, a gente entende o que rola por dentro, da nossa alma.
Então mesmo em tempestades, e na calmaria, perdoe.. sempre.


Samara Veras

encerrando ciclos

É preciso conjugar o verbo 'querer ' para se recomeçar, e hoje eu conjuguei.Nada de pensamentos, indagações e posições do que poderia ter sido, agora tudo isso não terá vez.É tempo de olhar para frente, ver o além, buscar novos mundos.Seguir em frente..
Esse dia vai ficar registado, pois sei que esse blog também é um pedaço de mim, ele faz parte da minha vida, do meu eu, por isso resolvi escrever aqui. Resolvi deixar registrado.Já dizia um amigo que algumas coisas precisam acontecer, para que outras se cumpram, no momento de Deus. E tudo vai se cumprir, no tempo certo, com  a permissão divina.

***

E no mais...

vamos estudar.

beijinhos

4 de abril de 2014

desabafo, 04 de abril


Ainda que meus inimigos se levantem contra mim, que inúmeras lágrimas rolem pelo meu rosto, que meus pés cansem diante dessa caminhada, eu permanecerei confiando em ti Senhor, pois sei que tu és sempre fiel Jesus.
                                                   Grande será o meu galardão.

Samara Veras



2 de abril de 2014

o livro da parada : a menina que fazia nevar




SINOPSE


Vou tentar não contar tudo, tá bom?


Judith é uma garota de 10 anos que perdeu sua mãe após o seu nascimento, e que sua principal companhia além do seu pai, é o seu mundo particular, que ela chama de ‘terra gloriosa (em seu quarto)‘. Judith é uma menina que observa todas as coisas ao seu redor com os olhos da fé, e que sua alegria é cuidar do seu pai, e fazer a vontade de Deus, já  que segundo a sua fé, ainda podemos fazer milagres acontecerem. É uma história incrível, divertida, e emocionante. Vale muito a pena ler. Super indico!

[Primeiro livro da Autora : Grace McCleean ]



MINHA OPINIÃO



A menina que fazia nevar, não é um livro, é mais que um livro, é uma lindeza em palavras, em parágrafos e em linhas. Lembro-me de ter lido as primeiras páginas na casa do meu avô, e  não prolonguei a leitura, eu confesso que quando li as quatro primeiras páginas, achei que tivesse quebrado todas as minhas expectativas do que é ler um bom livro.

Depois de algumas semanas, de volta a Fortaleza, resolvi finalmente ler.E me surpreendi, li em menos de uma semana.Me encantei ,confesso, com a lindeza de toda aquela história, entre pai, e filha e o relacionamento com Deus.Acho que as algumas leituras falam com a gente, e esse livro falou muito comigo.Lembrei -me da decisão que fiz há 7 anos quando resolvi morar com meu pai, dos milagres que fiz para sobreviver sem a presença da minha mãe, das broncas que recebi nos meus primeiros passos de que é ter responsabilidade de gente adulta, aliás , eu só tinha 17 anos.

O que mais me identifiquei com a historia de Judith foi com a relação de companheirismo com seu pai, que também vivencio isso, diariamente. Assim como a personagem, também sou apaixonada por meu pai, e sei que Deus foi muito generoso em me presentear com uma pessoa maravilhosa assim. É como já gritei aos quatro vento, eu tenho o melhor pai do mundo, que me ajuda quando preciso, que cozinha quando não estou em casa, que me compreende quando estou de mal humor,e que nunca desistiu de mim.Isso só pode ser obra divina.

Espero sinceramente que tenha gostado do post, assim como eu!  Boa semana.

Beijo.


Samara Veras

Pages - Menu