26 de abril de 2014

desabado 1



E mais uma vez me vejo diante de uma batalha, tudo nessa vida acontece, por uma razão. Esse dia de hoje vai ficar guardado na minha vida, mais uma vez lágrimas banharam meu rosto, e sobrevivi por um milagre divino.
As pessoas, vez ou outra vai nos machucar, e mais uma vez devemos perdoar, demostrar cristianismo, por mais que doa a alma, mesmo com as feridas abertas por dentro.

Tenho vivido isso, e por mais que doloroso seja escrever isso, vou perseverar, e entregar nos pés do Senhor, é a melhor decisão a se fazer. Não vou revidar o mal, não vou desejar coisas ruins, ou coisa do tipo, irei apenas orar, e restaurar o que restou por dentro. A verdade é que não sei ser metade, amar pela metade, viver pela metade, sou viva e transparente demais, por isso estou aqui.

Não consigo definir como estou hoje, não estou triste, apenas refletindo sobre uma série de coisas, principalmente sobre nossos valores, do que é amar e respeitar o outro. Chega um momento que a gente cresce e não comete mais erros, inclusive os mesmos. Vou perdoar mais uma vez, aceitar mais uma vez que as pessoas em algum momento irão simplesmente te esquecer, sem qualquer motivo aparente.

E quanto aos que magoaram, eu sinceramente, desejo paz, saúde, muita fé em Deus, pois sei que quanto mais eu desejar o bem a quem me feriu, maior será o meu galardão. Eu creio, e receberei o desejo mais profundo do meu coração, a minha tão sonhada libertação.

Desculpas meu desabafo tão pessoal,

Grande Beijo.


Samara Veras

Um comentário:

Quintal de afetos disse...

É, até mesmo a tristeza guarda uma certa boniteza. Porque dói mas também nos remete às nostalgias e junto, aprendizados que nos tornaram maduros. Dificuldades batem a porta e nos jogam na cara milhões de absurdos e nos resta então, um segundo no dia pra querer aquele colo sem beiradas, aquele afago que nos aquece o coração e nos sirva de bom abraço, de casa e nos faça telhado bem mais forte que o resto do mundo.

Esquece não de que em algum lugar há de ter uma beleza somente para os seus olhos e um caminho na medida certa dos seus passos.

Beijo na alma,
Samara Bassi.

Pages - Menu