2 de abril de 2014

o livro da parada : a menina que fazia nevar




SINOPSE


Vou tentar não contar tudo, tá bom?


Judith é uma garota de 10 anos que perdeu sua mãe após o seu nascimento, e que sua principal companhia além do seu pai, é o seu mundo particular, que ela chama de ‘terra gloriosa (em seu quarto)‘. Judith é uma menina que observa todas as coisas ao seu redor com os olhos da fé, e que sua alegria é cuidar do seu pai, e fazer a vontade de Deus, já  que segundo a sua fé, ainda podemos fazer milagres acontecerem. É uma história incrível, divertida, e emocionante. Vale muito a pena ler. Super indico!

[Primeiro livro da Autora : Grace McCleean ]



MINHA OPINIÃO



A menina que fazia nevar, não é um livro, é mais que um livro, é uma lindeza em palavras, em parágrafos e em linhas. Lembro-me de ter lido as primeiras páginas na casa do meu avô, e  não prolonguei a leitura, eu confesso que quando li as quatro primeiras páginas, achei que tivesse quebrado todas as minhas expectativas do que é ler um bom livro.

Depois de algumas semanas, de volta a Fortaleza, resolvi finalmente ler.E me surpreendi, li em menos de uma semana.Me encantei ,confesso, com a lindeza de toda aquela história, entre pai, e filha e o relacionamento com Deus.Acho que as algumas leituras falam com a gente, e esse livro falou muito comigo.Lembrei -me da decisão que fiz há 7 anos quando resolvi morar com meu pai, dos milagres que fiz para sobreviver sem a presença da minha mãe, das broncas que recebi nos meus primeiros passos de que é ter responsabilidade de gente adulta, aliás , eu só tinha 17 anos.

O que mais me identifiquei com a historia de Judith foi com a relação de companheirismo com seu pai, que também vivencio isso, diariamente. Assim como a personagem, também sou apaixonada por meu pai, e sei que Deus foi muito generoso em me presentear com uma pessoa maravilhosa assim. É como já gritei aos quatro vento, eu tenho o melhor pai do mundo, que me ajuda quando preciso, que cozinha quando não estou em casa, que me compreende quando estou de mal humor,e que nunca desistiu de mim.Isso só pode ser obra divina.

Espero sinceramente que tenha gostado do post, assim como eu!  Boa semana.

Beijo.


Samara Veras

Nenhum comentário:

Pages - Menu