21 de dezembro de 2015

tchau 2015!


2015 voou assim feito passarinho, assim como os dias da minha vida. 2015 foi o ano difícil, desses de doer na alma, de muito choro, muitas quedas, de ralar o joelho e sangrar sem fim. 2015 foi o ano difícil, mas de um enorme aprendizado, desses que nos muda, como nunca.
Escrevendo esse texto, percebi o quanto mudei, quanto meu mundo mudou, só que dessa vez não foi preciso um novo visual, nem um emprego daqueles, e muito menos uma viagem para o exterior, mas vou te confessar, foram mudanças profundas viu?!
Já fiz listinhas de pedidos nos finais dos  anos passados, já fiz projetos os quais não consegui concluir e deixei pela metade.  E hoje mudei nisso também, não vou escrever, nem deixar registrado . E quanto ao ano de 2016? Vai conta…
Não há o que pedir, pedir, pedir.. há apenas o que se conquistar, o que se viver. Ser feliz com o que a vida nos proporciona, apenas navegar sem medo, que é o que precisamos. É o que nos faz feliz, é o que me deixa feliz.
O importante é ter saúde, para não se perder o rebolado, e não deixar a peteca cair, né.. Sei que 2016 será um ano incrível, é o meu desejo, vamos desejar amor, paz, e muita alegria, porque afinal das contas, é muito caos nesse mundo, tá faltando amor, como já dizia Criolo, só que dessa vez não é somente em São Paulo, mas no mundo inteiro.
Meu único desejo aqui por dentro, confesso gente, é voltar a escrever, ando meio longe, vocês sabem, e eu também, então como minha mãe sempre diz : “ AVIA MENINA” !
Palavras de gratidão para encerrar o ano:
As minhas amigas Cylene e Suzana, o meu obrigada por ter me aguentado esse ano,  sei que foi necessário muita paciência nessa vida.  E aos meus pais, dona Sônia e seu Albério, o meu amor, e a minha gratidão eterna por me suportar nesses 26 anos.
Feliz ano velho pra você GENTE, que 2016 chegue logo e floresça com amor, muito amor.

Nenhum comentário:

Pages - Menu